quinta-feira, 14 de abril de 2016

VOCÊ SABE O QUE É O PARTIDO ARENA? HÁ ALGO DE PODRE NO REINO DA ARENA

VOCÊ SABE O QUE É O PARTIDO ARENA? HÁ ALGO DE PODRE NO REINO DA ARENA - A ganância e maldade de esquerdistas não tem limite.




Pipocaram denúncias bem fundamentadas nas redes sociais de que os estudantes Cibele Baginski e João Manganeli, respectivamente Presidente da ARENA e Secretário Nacional, poderiam ser no mínimo peças de aparelhamento político (uma espécie de quinta coluna comunista) no recém-fundado partido para fazer um «trabalho de sapa» contra a direita brasileira. Daí a importância da necessidade de um esclarecimento amplo em torno de tais denúncias, haja vista o marcado interesse público em torno das acusações que recaem sobre líderes do partido.

Fotos abaixo exibem a Presidente da ARENA e do Secretário Nacional entrosando-se com conhecidos comunistas gaúchos, tais como Olívio Dutra e Tarso Genro. Tais fotos foram tiradas no Evento "PC do B: Noventa anos e pronto para um grande futuro" e ganharam domínio público através do Facebook.




Como comprovado pela reportagem deste site comunista, o evento teve lugar no dia 29 de março de 2012.

Além dessas fotos, há outra de Cibele com o Deputado Aldo Arantes, Presidente Estadual do PC do B de Goiás por trás de uma bandeira da aparelhada UNE. 


Note, meu leitor, que decorridos menos de 4 meses daquele evento, a estudante Cibele Baginski já anunciava sua disposição de fundar um partido de direita (!) 

Cibele e João, obviamente, como «direitistas» conservadores e patriotas que se apresentam, devem explicações de tirar fotografias sorrindo ao lado de vários líderes comunistas. Não só ao público em geral, mas principalmente para os Arenistas.

Mas o mais preocupante de tudo isso, contudo, não é essa mera aparição ao lado desses comunistas, mas que tanto Cibele quanto João eram até pouco tempo atrás filiados ao PC do B, como comprovam reportagem da RBS e informações do próprio site do TSE (clique para ampliar):




Observe no aviso do documento acima que a partir de 1º de março de 2013 essa prova será apagada da internet. Essa ficha ficará no site apenas até 01/03/2013 (amanhã). 

Causa espécie que a filiação de Cibele seja de 27 de fevereiro 2012 e o cancelamento desta filiação tenha se dado somente em 30 de outubro 2012, ou seja, ela permanecia filiada ao PC do B enquanto mobilizava-se no sentido de fundar a ARENA. O cancelamento da filiação ocorreu há apenas 4 meses, 12 dias antes do Estatuto da ARENA ser publicado no Diário Oficial da União (11 de novembro 2012).

Gostaríamos que os líderes citados, Cibele e João, esclarecessem os motivos que os levaram a uma reorientação político-ideológica tão radical em tão curto tempo, e ao mesmo tempo um esclarecimento do porquê de Cibele ter permanecido filiada a um partido de ultra-esquerda enquanto mobilizava-se por angariar assinaturas e recursos para fundar um partido de direita.

Publicaremos aqui eventual nota de esclarecimento destas pessoas para que o público possa fazer seu julgamento sob a égide do direito de resposta. Do jeito que está, cheira muito mal...

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

PARA OS IDIOTAS SOCIALISTAS, COMUNISTAS LAMBEDORES DOS CULHÕES DOS IRMÃOS ASSASSINOS FIDEL CASTRO.

”Lutei contra a ditadura, sim! Tomei borrachadas, engoli gaz lacrimogênio, corri da cavalaria na Av. São João em direção à Praça Antonio Prado e à Praça da Sé. ...Participei das perigosas assembléias dos sindicatos, onde milicos escondidos na massa guardavam na memória o rosto dos mais exaltados. Arrisquei o emprego, pichei muro com o slogan “Abaixo a Ditadura”. Distribui panfletos. Morri de medo. Chorei quando anunciaram a devolução do poder ao povo: eu e mais alguns milhões. Hoje, vendo pessoas morrendo em filas de hospitais, bandidos matando por R$ 10, pessoas andando feito zumbi nas ruas por causa das drogas, adolescentes que não sabem quanto é 6 x 8, meninas de 14 anos parindo filhos sem pais, toda a classe política desse país desfilando uma incompetência absurda, a polícia corrompida, o nosso país sendo ridicularizado por tantos escândalos... Eu peço perdão ao Brasil pela porcaria que fiz... Deveria ter ficado em casa.”(Carta publicada no jornal Diário de São Paulo por Roger Moreira, vocalista do Ultraje à Rigor)

1796658_10201376273798084_466111431_n

DANILO GENTILI FALA A VERDADE

danilo diz a verdade

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

DILMA - Tá Sobrando Dinheiro ???

LOBÃO, RACHEL SHEHERAZADE (SBT nacional) e FELIPE MOURA BRASIL (Veja) para o primeiro hangout de nossos domingos em 2014

Transmitido ao vivo em 05/01/2014

Domingo, dia 5 de janeiro de 2014, LOBÃO, RACHEL SHEHERAZADE (SBT nacional) e FELIPE MOURA BRASIL (Veja) para o primeiro hangout de nossos domingos em 2014.
- 2013, ano do retorno da "direita" à mídia? E adivinhem qual será um dos assuntos específicos?
"Eu, coxinha". Artigo do Lobão na Veja, emhttp://veja.abril.com.br/noticia/bras...
O militante de esquerda é o mauriçola gauche, é aquele tipo que se traveste de ativista de passeata e gasta o seu tempo útil em manifestações inúteis, no afã de exorcizar sua flacidez comportamental, sua virgindade existencial, sua pequena farsa pessoal
Durante esses últimos anos, venho recebendo de parte da militância petista uma série de adjetivações pretensamente desqualificadoras, que poderiam ter algum efeito não fosse eu um cara desgrilado, um ser alegre a cantar.
Mas, depois do lançamento do Manifesto do Nada na Terra do Nunca, a petizada militante se enfureceu. Na verdade, antes mesmo de o livro chegar às livrarias, houve quem clamasse pela sua proibição ou queima imediata. A minha estreia como colunista de VEJA aumentou essa fúria, que culminou em um ataque apoplético coletivo por ocasião da minha participação no Roda Viva. Um ilustre deputado petista chegou a pedir a cabeça do Augusto Nunes por ter convidado para o programa um "doente mental" (eu).
E, com aquela falta de imaginação, de humor e de argúcia, característica de certas mentes esquerdistas, puseram-se a vociferar palavras de ordem e impropérios contra mim: "Reacionário!", "filhinho de papai!", "coxinha!". Isso para não citar os mais cabeludos (bicha, maconheiro, cheirador, matricida, esquizofrênico...).
Mas vou concentrar a atenção no "coxinha", que é o mais recente qualificativo do curto vocabulário dessa rapaziada.
Após esses mais de dez anos do PT no governo, a sociedade está percebendo como se forma o aparato de repressão política, censura e difamação montado pelo partido. Se você tem alguma objeção a ele, vira um pária político, moído e asfaltado pela máquina de propaganda estatal, cujos operadores — blogueiros e militantes de plantão na internet — se encarregam do trabalho sujo, na forma de ataques pessoais e truculentos disparados contra qualquer alma que se insurja contra a ideologia oficial. A tática desses operadores é achincalhar o oponente baseados em sua própria e nanica estatura moral.
O simulacro de impropério é construído em torno da miserabilidade do ofensor, que, ofendido com a própria natureza, desanda a chamar os não alinhados daquilo que mais enxerga em si mesmo, na vã tentativa de escapar de sua jocosa e aflitiva condição. Sendo o grande alvo dessa patocracia delirante a classe média — e sendo o militante de esquerda uma espécie de burguês pós-moderno —, o xingamento "coxinha" aparece como um desses casos de projeção psicológica flagrante.
O militante de esquerda é o mauriçola gauche, é aquele tipo que se traveste de ativista de passeata e gasta o seu tempo útil em manifestações inúteis, no afã de exorcizar sua flacidez comportamental, sua virgindade existencial, sua pequena farsa pessoal. É invariavelmente um "multiculturalista", que acredita que um rap é superior a Bach. É o sujeito moldado na previsibilidade comportamental dos doutrinados, que expele seu déficit de percepção da realidade através da soberba convicção dos imbecis. Refém da uniformidade acachapante dos clichês entrincheirados em sua mente vacante, profere as frases mais gastas e cafonas que se pode imaginar.
Para esse tipo de pessoa, tenho aqui um par de versos de Adam Mickiewicz (1798-1855) que cairá como uma luva:
"Tua alma merece o lugar a que veio
Se, tendo entrado no inferno, não sentes as chamas".
Assim, convido todos aqueles que, como eu, são agraciados pela esquerda com essas e outras adjetivações a acolhê-las com benevolência e humor, com a percepção de estarmos sob a égide de frouxocratas histéricos que teimam, em sua monomania vã e molenga, em nos assolar com seus fantasmas internos e suas abissais impossibilidades.
E, usando o rebote como mantra, proferirei, contrito: coxinhas de todo o Brasil, uni-vos!
O cantor e compositor Lobão é colunista de VEJA.
Leia também: A era do rebelde chapa-branca emhttp://veja.abril.com.br/noticia/bras...
SITE OFICIAL DO LOBÃO: http://www.lobao.com.br
SITE LOBÃO ENTREVISTA: http://www.lobaoentrevista.com.br
FANPAGE DO LOBÃO ENTREVISTA:http://www.facebook.com/lobaoentrevista
YOUTUBE DO LOBÃO ENTREVISTA:http://www.youtube.com/user/lobaoentr...
TWITTER DO LOBÃO ENTREVISTA:http://www.twitter.com/lobaoentrevista

COMUNISTAS CENSURAM NO BRASIL

1794681_664349223607968_38867898_n

A TERRORISTA DANDO UMA DE COITADINHA

TERRORISTA